Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Contos por contar

Contos por contar

08
Abr21

Carta a uma Amiga

Desafio das Cartas do Correio

Cristina Aveiro

COIMBRA-DA-TORRE-UC-1024x768.jpg

Foto de Madomistours

 

Querida Paula,

 

Que saudades eu tenho de ti. Os quatro anos que vivemos juntas em Coimbra nos nossos vinte anos foram inesquecíveis. O desafio de viver fora da asa dos pais, a liberdade de explorar uma nova cidade, a alegria de trilhar um caminho novo a aprender, as certezas de quem tem 20 anos. Fomos tão próximas, aquela euforia dos namoricos que se foram transformando em namoros. A casa da D. Estrela, tão frágil e idosa quanto surda e carinhosa. Lembras-te de ela nos dizer meninas parece que anda por aí passarinho novo! E nós intrigadas como é que ela teria descoberto! Só quem tem 20 anos é que não sabe que quando há passarinho novo tudo brilha de outra forma e é fácil adivinhar a quem observa. Fomos felizes naquela casa da D. Estrela, lembro-me frequentemente dela. Cada uma de nós a namorar com o seu Jorge e mais tarde a casar com eles.

Não consigo compreender porque te afastaste de nós depois de te separares do Jorge com quem te casaste. Eu e o meu Jorge continuamos juntos e continuamos a gostar muito de ti. Como fomos os três inseparáveis nesses quatro anos. Sabes que tentei muitas vezes voltar ao teu contacto, mas nunca consegui. Talvez nos vejas como parte de uma fase da tua vida que queres esquecer. Ainda assim nós podíamos viver contigo novos momentos, criar novas memórias boas. Quando as pessoas se separam não é preciso dividirem os amigos que eram de ambos. Nós temos coração grande, onde cabem o ex-teu Jorge e tu, mas se tu me desses a hipótese de escolher entre os dois, eu escolhia-te a ti. Tu apagaste-nos do teu mundo sem sequer nos dar uma hipótese de contacto.

Quero muito que tudo te corra bem e desejo-te felicidades como sempre desejei. Tenho muita pena de não saber nada de ti e de me sentir morta para ti quando estou viva e bem viva e cheia de abraços para te dar.

Abraço-te em pensamento e dou-te os beijos que eu quiser porque a isso não consegues fugir.

Da tua sempre Amiga,

 

Cristina

 

Muito eu gostaria de enviar esta carta, mas não sei o endereço!

Texto no âmbito do desafio das cartas de correio lançado pela Célia no seu ...Raios de Sol .

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Desafio Caixa dos Lápis de Cor

desafio com moldura selo.png

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub